COBERTURAS – Tipos e utilizações

Quando começamos a pensar em uma obra, seja ela residencial, industrial ou comercial, um item muito importante a ser analisado é o tipo ideal de cobertura para a referida edificação.

No mercado temos uma grande variação desses produtos, listaremos a seguir os 03 tipos comuns, sua utilização e particularidades:

 

Tipos de Cobertura

 

1 – Cobertura em telhas cerâmicas

 

Muitas vezes chamado também de telhado colonial, os telhados feitos com telha cerâmica são muito tradicionais e se mantêm como os mais vendidos quando falamos de casas. E normalmente tem seu engradamento em madeira.

Esse é um tipo de cobertura que diminui a incidência de raios solares na edificação, assim proporciona um conforto térmico em seu interior.

 

Normalmente os preços são acessíveis e, além disso, no mercado existem tipos de telhas em modelos variados que podem combinar com diversos gostos, dos tradicionais aos modernos

Este tipo de cobertura apresenta uma alta durabilidade, pois é muito resistente às intempéries da natureza, como chuva, sol, vendavais e passagem do tempo.

Também necessita de muito pouca manutenção, sendo necessário apenas uma revisão anual no caso de não aparecer nenhum problema, e por isso é também bastante econômico.

 

2 – Cobertura Metálica

 

As coberturas metálicas são conhecidas por serem um processo construtivo rápido e dinâmico.

É comum encontrarmos este tipo de solução em construções de grande porte como: grandes galpões/industrias, supermercados, pavilhões, shoppings, dentre outros. 

 

As coberturas metálicas podem ser compostas por estruturas e telhas metálicas ou somente telhas metálicas. 

A opção pela utilização da estrutura metálica se relaciona, normalmente, ao tipo de uso a que se destina o local, vãos necessários e também o prazo de construção. Essas estruturas são capazes de vencer grandes vãos, facilitando sua mobilidade e aumentando a área útil disponível, além disso são consideradas “coberturas leves”, justamente por gerarem baixa carga nos pilares e fundações. 

Porém, o cliente pode optar por construir o espaço em estrutura de concreto armado, e utilizar somente telhas metálicas. Essa concepção costuma ser adotada para coberturas menores, onde são utilizadas telhas trapezoidais e aplicada inclinações maiores para garantir a estanqueidade.

 

Curiosidade

Além das vantagens construtivas já citadas as coberturas metálicas nos permitem também utilização de formas diferenciadas, como por exemplo as coberturas curvas, que podem ter esse formato tanto por uma questão estrutural quanto  por estética.

 

 

3 – Toldos

 

Os toldos normalmente são feitos em lona  e representam um tipo de cobertura prático e de baixo custo. 

 

É muito comum sua utilização em instalações temporárias, pois são fáceis de instalar e também de remover. Além disso os toldos são muito usados em garagens de prédios e áreas externas de estabelecimentos comerciais, para este último podemos ter os toldos fixos ou retráteis.

Sua manutenção é simples e deve ser sistemática: sempre que apresentar sujeira deve ser limpo com um pano com água e sabão. Os rolamentos também devem ser periodicamente lubrificados, principalmente em períodos de muitas chuvas.

 

#DicaGold:

Para determinação do tipo de cobertura mais indicado para a sua obra é importante consultar um profissional especializado, assim você será bem atendido nos quesitos: preço, conforto térmico e acústico e também otimização na utilização do seu espaço.